O paradoxo da mulher promíscua

mulher promiscua
mulher promiscua

Hoje as mulheres estão em plena era de total libertinagem, em época onde aventuras sexuais são altamente alimentadas por uma mídia, altamente corrupta e disposta a acabar com qualquer tipo de valor social da qual mantém a civilização Ocidental em pé.

Nós homens assistimos e vemos diariamente as mulheres se tornando mais e mais promíscuas a cada dia que se passa, mas toda essa promiscuidade esconde um fato, tanto chocante, quanto bizarro. Da qual irei apelidar de o Paradoxo da mulher promíscua.

Mas em que consiste esse paradoxo ? O paradoxo consiste em diversas atitudes da mulher moderna, da qual ao invés de ajudá-la a superar os problemas da vida, a joga cada vez mais no fundo do poço.

Baixo autoestima: 

O paradoxo da mulher promiscua se dá em torno de como a mulher se vê, de como a mulher se sente, geralmente esse paradoxo costuma atingir mulheres que sofreram rejeições durante a adolescência, mulheres que basicamente não tiveram acesso ao Hall da fama, na época da escola, ou mulheres que por crescerem sem pai, se tornaram extremamente carentes.

Essas mulheres se veem numa necessidade fora do comum de se sentirem amadas, de se sentirem socialmente aceitas, ou de se sentirem menos excluídas ou inferiorizadas, o que nos leva a outro problema.

Sexo sem compromisso:

A mulher que sofre desse paradoxo, na ânsia de se sentir valorizada, adota uma vida regrada a baladas, álcool e claro, sexo sem compromisso, o sexo é a única forma da qual a mulher tem a certeza de que está tendo acesso a tudo aquilo da qual ela foi privada em outras épocas.

A mulher com essa síndrome, busca por meio do sexo, se sentir valorizada, em seu subconsciente  ela acredita que fazendo sexo com todo e qualquer tipo de homem é um sinal de que venceu a corrida genética, é um sinal de que a mesma é aceita socialmente, tudo isso acontece de forma a tentar por meio do sexo aumentar a sua autoestima já destruída, o que nos leva ao próximo problema.

Ela se sente um lixo:

O último sintoma do paradoxo da mulher promiscua, é o sentimento de que a mesma é um lixo, a mulher que sofre dessa síndrome, geralmente se sente como se estivesse suja, se sente usada, como se sua vida não valesse nada, ou até mesmo como se a sua vida não tivesse nenhum objetivo, geralmente esse tipo de mulher vem acompanhada do olhar de mil rolas.

Esse último sintoma é o que deu origem ao nome desse paradoxo por um simples motivo, a cada vez  que a mulher se sente um lixo, a autoestima dela afunda, o que a faz buscar por mais sexo, afim de se sentir mais amada e útil, o que a leva novamente a se sentir um lixo, e assim o ciclo se repete eternamente.

Como se vê na imagem a abaixo.

A autoestima baixa a leva pela busca do sexo, afim de se sentir mais amada, o que a leva a se sentir usada e cada vez mais lixo, consequentemente abaixando a sua autoestima, a levando por mais busca pelo sexo e assim entramos no Loop da mulher moderna.



Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »